Serra Catarinense. Domingo, 23 de Fevereiro de 2020
Anuncie Classificados Correio Lageano
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

CLMais Variedades
Lages

Lenda da Serpente do Tanque

Em uma tarde nublada uma mãe desesperada corta a praça em direção a matriz, trazia no colo seu rebento que chorava faminto. Pelo que a história conta esta criança nascera de um amor proibido e amaldiçoado pelo destino, por ser o menino filho de um mistério.
Desesperada a mãe do menino aos pés da santa do altar mor da igreja Matriz largou o seu filho.

 

O que se fala e que o menino cresceu e em uma serpente se transformou e embaixo dos pés da santa sua cabeça ficou e tendo o resto caudal com a ponta virada para ponte do pontal.
Pôr mais carinho que a Nossa Senhora a ele deu, o menino revoltado cresceu. E ainda não citado, é que o menino é o neto do chifrudo.
A mãe que o rebento pariu, a loucura a consumiu.
E fala o povo que em certa hora de certa época, ouvem-se gritos de uma mulher histérica respondendo ao choro de um recém nascido.

 

Um tal menino, dizem pôr ai que a igreja esta afundando, porque a serpente de vez em quando se mexe tentando livras-se dos pés de Nossa Senhora.
E se você não acredita, vai a lateral da igreja e veja, pois a parte traseira esta mais alta que parte da frente.


E se mesmo assim você não acreditou, sente na praça espere o tal dia e há tal hora.Mas quando ouvir os gritos e se você estiver sozinho, corre, pois o choro que vai ouvir e do chifrudinho mar dito...