Serra Catarinense. Domingo, 23 de Fevereiro de 2020
Anuncie Classificados Correio Lageano
Instituto José Paschoal Baggio
Anuncie Essencial Correio Lageano
ÁREA DO ASSINANTE

Área de acesso restrito aos assinantes do Jornal Correio Lageano:



Esqueci minha senha

Central do Assinante Correio Lageano (49) 3251-8200
Correio Lageano

Redação: 49 3221 3344
redacao@correiolageano.com.br

Comercial: 49 3221 3322
comercial@correiolageano.com.br

Selecione abaixo a cidade desejada
:: Urupema
Urupema A história de Urupema começa com a fundação do povoado de Sant’Ana, logo após a chegada da família “Pereira de Medeiros” ao local, em 1918. Como outras famílias antes dela e aventureiros de várias partes do país, especialmente de São Paulo, os “Pereira de Medeiros” chegaram atraídos pela extensão de terra da Serra Catarinense, que mais tarde ficaria conhecida como “Campos de Lages”.

O escritor Antônio Francisco Lisboa, no livro “Memórias de um Século”, de 1990, relata que a família “Pereira de Medeiros” veio em uma expedição que partiu da Ilha dos Açores para povoar o litoral de Santa Catarina, provavelmente por volta de 1711, quando a coroa portuguesa comprou do marquês de Cascaes as terras doadas por Doão João XI a Pedro Lopes de Souza, em 1534. Essas terras eram denominadas de Sant’Ana.


Turismo

O frio é a grande atração de Urupema, que luta para ter o título de lugar mais frio do Brasil, atribuído a São Joaquim. Entre abril e setembro cascatas congelam e a neve cobre os campos do município. Nesse período os rios também estão cheios de trutas arco-íris e enfatizam bem o título de “Capital Catarinense da Truta”.

Um deles, o Caronas, cruza o centro da cidade.
Localizada a 1.425 metros acima do nível do mar, Urupema tem a maior altitude média de Santa Catarina e se destaca pela qualidade de vida. Tem até um diploma de honra ao mérito concedido pela Organização das Nações Unidas (ONU), pelo seu programa de desenvolvimento sustentável e organização comunitária. Quase 100% dos domicílios do município, inclusive os da área rural, têm saneamento básico. O uso de agrotóxicos nas lavouras é racionado e a agricultura orgânica cresce na cidade.

Quem gosta de montanhismo e de aventura encontra em Urupema as condições ideais para a prática desse tipo de turismo. As opções vão além, com excelentes áreas para camping e estabelecimentos pioneiros no turismo rural da região, como a Fazenda do Barreiro, que tem mais de 200 anos de história.


Pontos Turísticos

.: Morro das Torres: É um dos pontos mais altos do Estado. Tem 1.750 metros de altura em relação ao nível do mar. É de fácil acesso em qualquer época do ano. Está a 7 km do Centro. As temperaturas muito baixas e ocorrências de neve são comuns no local durante o inverno. O nome é este porque no local ficam antenas de telefonia e de televisões. Com tempo bom é possível ir até lá de carro.

.: Cachoeira que Congela: Fica no Morro das Torres. O acesso se dá por uma pequena estrada que sai do caminho principal, 1,5 km antes do topo. A cascata é uma suave queda d’água de 12 metros. Nos meses mais frios do ano congela e forma cristais de gelo que proporcionam uma visão espetacular.

.: Trutas: São visíveis nos rios de águas claras do município. Inclusive no Canoas, que corta o Centro da cidade.

.: Taipas: As taipas são muros que não ultrapassam um metro de altura feitas de pedras basalto. Usadas para demarcar propriedades e áreas de gado ou apenas para indicar um caminho, elas resistiram ao tempo e mostram a habilidade centenária do povo serrano, que soube aproveitar os recursos de que dispunha na região para arquitetar a estrutura que precisava. Esses muros estão bem concentrados na região de Urupema e podem ser vistos já na entrada da cidade.

.: Associação dos Artesãos: Situada bem no Centro da cidade. Tem peças de lá feitas a mão e no tear. Também comercializa arranjos de flores naturais desidratadas. Boas lembranças de Urupema, já que a produção de flores, como tulipas, é uma das atividades econômicas mais importantes atualmente. Rua Arlindo Pereira de Souza, 23. Fone: (49) 3236 1108

.: Associação Urupemense da Terceira Idade: Foi fundada em 2006 com 32 participantes. Hoje associados produzem e vendem peças de bordado, crochê, tricô e feitas com retalhos. (49) 3236 1328.

.: Fazenda do Barreiro: Fundada pelo português José Joaquim Pereira em 1782, a fazenda chama atenção por sua história. Atualmente é administrada pela oitava geração da mesma família. Essa história é contada em um museu, onde vários objetos reconstroem os mais de 200 anos da fazenda. Aberta aos hóspedes desde 1986 é uma das pioneiras do turismo rural no Brasil. Seus 23 apartamentos são abastecidos com água mineral de fonte própria. Essa água tem poderes medicinais. Por ser bicarbonatada é indicada para combater doenças como gastrite e úlcera do estômago e, por ter lítio, mantém o equilíbrio do humor. A fazenda fica no KM 43 da SC-438. Mais informações no www.fazendadobarreiro.com.br.

.: Gaio’s Parque das Trutas: No local o atrativo é a pesca da espécie que faz a fama de Urupema. No local existem três chalés com capacidade para receber 30 pessoas e um restaurante, onde além de pratos à base de truta, como truta grelhada e frita e a torta preparada com o peixe, são servidos bolo frito, de milho, rosca de coalhada, bolachas caseiras e geleias. Para as crianças outra atração imperdível são as ovelhas criadas na propriedade. Localizado no km 6 da estrada geral de Urupema, o parque só atende mediante reservas.O contato pode ser feito pelo (49) 9115 7334 ou (49) 3236 1123 e, ainda, pelo e-mail parquedastrutas@hotmail.com

.: Gruta Nossa Senhora de Lourdes: Fica em frente à igreja matriz da cidade, no Centro. Passa por reconstrução e vai ter uma nova identidade para garantir a harmonia com a praça do município. É na gruta que fica a cachoeira de pedras por onde escorre a água que alimenta o Lago das Trutas

.: Igreja Santana: É o símbolo do início do povoado de Sant’Ana, primeiro nome da cidade, mantido até 1943, quando passou a ser denominada de Urupema. Também homenageia o fundador Manoel Pereira de Medeiros, devoto da santa.

.: Praça Municipal: Fica na Avenida Manoel Pereira de Medeiros, no Centro de Urupema. É um ponto de encontro para muitas atividades. Com portais de metal e pedra arenito, bancos e arborização a praça é um bom lugar para namorar. Também é uma ótima opção de passeio em família, por proporcionar a observação das trutas arco-íris do Rio Caronas e, por causa de um parque infantil que fica no local.


Como Chegar

Urupema fica a 26 Km de Painel, ligada pela Rodovia das Araucárias, na SC 439, e a 18 km de Rio Rufino. A distância de Lages é de 52 Km e, de Florianópolis, 198 km, pela BR-282.


Informações turísticas

Prefeitura: Av. Manoel Pereira de Medeiros, 155 - Centro
CEP: 88625-000
Telefone e fax: (49) 3236-1166


Outras Informações:
• Site: www.urupema.sc.gov.br
• E-mail: pmurupema@vlnet.com.br
• Informações turística: (49) 3236-1166

Características

Brasão Urubici

Brasão

Bandeira Urubici

Bandeira

Localização Urubici Como chegar? Clique aqui
  • Área 353,1 km²
  • População 2.576 hab.
  • Densidade 10,4 hab./km²
  • Altitude 925 m
  • Clima temperado
  • Temperatura máx. 27°C
  • Temperatura mín. -12°C
  • Distância da capital 244 km
  • Festa típica Festa da Padroeira de Santana