Punhobol: Eles se doaram por Lages

Depois de três sets apertados, Lages finalmente se garantiu à semifinal comemorando muito – Foto: Bega Godóy

Lages, 10/11/2017, Correio Lageano, por Bega Godóy

Os representantes gaúchos de Novo Hamburgo, que jogaram por Lages o punhobol, nos Jasc, conseguiram valentemente avançar à semifinal. Lages x São Bento e Blumenau x Floripa são so classificados. Jogos acontecem nesta sexta-feira pela manhã (semis) e à tarde (final), no Estádio Vidal Ramos Júnior.

Lages perdeu para Timbó o primeiro set por 11 a 7, venceu o segundo por 12 a 10 e no set decisivo ficou com uma das quatro vagas ao vencer por 11 a 9. Foi um jogo disputado ponto a ponto. No último set, o adversário abriu três pontos, parecia sacramentada a desclassificação dos “lageanos”, mas eles empataram em 9 a 9, ampliaram para 10 a 9, fizeram 11 a 9 e partiram para a comemoração.
Uma equipe de duas gerações e que não treina junto, mas a mistura de experiência e a juventude permitiu reverter o placar. O empresário André (Pata) foi o homem do jogo. Ele é o mais velho da equipe (50 anos) e desconfia que é o mais velho do torneio. Joga desde os 9 anos, sempre está na ativa e ajudando a equipe. “Foi um jogo difícil, mas a gurizada foi valente”, explica.

Mundial_ O punhobol não é um esporte olímpico, mas há uma olimpíada de esportes não olímpicos, o Word Games, que acontece de quatro em quatro anos e, nesta temporada, a Polônia foi a sede. O Brasil foi quarto colocado. Em Santa Catarina, a prática do esporte está concentrada em regiões de colonização alemã (Blumenau, Pomerode, Joinville e Timbó).

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)