Primeiro ouro de um lageano

Na quarta-feira (8), Bruno Leite conquistou uma medalha de ouro nos 200m costas – Foto: Adecir Morais

Lages, 11 e 12/11/2017, Correio Lageano, por Adecir Morais

As medalhas conquistadas por Lages na natação nos Jogos Abertos até sexta-feira representam um grande feito para a cidade, entretanto, nenhuma é tão representativa quanto à faturada por Bruno Arruda Leite, de 18 anos. Foi o primeiro ouro na natação conquistado por lageano (outro foi do atleta Julio Scolaro Neto, que mora fora) na história dos Jasc. Bruno é exemplo de persistência. Nos Jasc de 2015, ele ganhou medalhas de prata e bronze no estilo costas. Na ocasião, traçou como meta um projeto mais audacioso: ser campeão dos jogos em casa. Na quarta-feira (8), ele faturou o ouro nos 200m costas. Destaque na natação desde os oito anos de idade, Bruno começou a deslanchar nas piscinas há dois. No ano passado, conquistou quatro medalhas de ouro nos Joguinhos Abertos, nos 100m e 50m costas, 200m medley e 200m livre e bateu o recorde em duas provas.  Solteiro, ele vive com a família no Bairro Vila Nova, em Lages. Conta que começou a nadar incentivado pelo pai, José Wilson Leite. O jovem possui uma intensa rotina de treinos, com atividades de segunda a sábado, de duas a três horas por dia. Outros esportes, como corrida e musculação, fazem parte de sua preparação diária. Conciliar a natação com o estudo é um dos desafios do atleta. Ele estuda à noite no curso de Engenharia de Produção e confessa que lhe falta tempo para as atividades de lazer. “Às vezes, e gente deixa de sair e se divertir para se dedicar à natação”, diz. Versátil, Bruno nada bem os quatro estilos (costas, borboleta, crawl e peito), com uma pequena dificuldade neste último. Ele diz que se espelha no americano Michael Phelps, ex-estrela mundial da natação. Sobre seu futuro, afirma que quer chegar à Seleção Brasileira e, quiçá, disputar uma Olimpíada.

Lages fatura mais três medalhas

No terceiro e último dia da natação dos Jasc, na sexta-feira, na piscina do Clube Caça e Tiro, foram realizadas mais 10 provas. Nas sete primeiras, Lages ganhou mais três medalhas, duas pratas e um bronze. Marina Neves ganhou prata nos 100m costas e Cristian Machado nos 1.500m livre. O bronze veio com a atleta Ana Luísa Segatta de Farias nos 200m borboleta. Com uma equipe formada por 13 atletas, Lages teve um bom desempenho na natação nesta edição dos jogos, com duas medalhas de ouro, cinco pratas e um bronze. O resultado é considerado um dos melhores da histórias dos Jasc. Florianópolis é o município que mais conquistou medalhas ouros. Nos três dias de provas, os nadadores da capital faturaram mais de 10 medalhas douradas.

Leave a Comment

(required)

(required)