Duatlon: força, persistência e amor

Lages, 13/11/2017, por Andressa Ramos

Um atleta, por si só, vai além dos seus limites, supera seus medos, enfrenta obstáculos e até problemas pessoais, tudo por amor ao esporte e vontade de vencer.

Imagine então, seguir o lema dos Jogos Olímpicos, “Mais rápido, mais alto, mais forte”, tradução do latim “citius, altius, fortius”. Em seu braço direito, Pâmella Oliveira, de 30 anos, tem tatuado a frase que transmite toda sua inspiração e transpiração pelo esporte.

Pâmella disputou pela primeira vez os Jogos Abertos de Santa Catarina e conquistou a medalha de ouro para Itajaí. Durante toda a prova de duatlon, que aconteceu na Avenida Duque de Caxias, em Lages, no último sábado, ela liderou a fila das mulheres.

A frase que está gravada em seu corpo, não é por acaso, ela vive o que está dito ali. Tanto é, que já disputou duas olimpíadas. A de Londres e do Rio de Janeiro.

A atleta, que é natural do Espírito Santo, começou no esporte por causa de problemas respiratórios. A natação foi o primeiro passo. Depois disso, ficou sabendo do triathlon (corrida, natação e ciclismo) e, desde então, não parou mais. Já competiu em todos os continentes e não sabe nem mensurar quantos países visitou.

Pâmela disputou os Jasc por Itajaí e levou o ouro. Foto: Andressa Ramos

Força_ O dia estava lindo. Céu azul e sol forte, propício para a prática de esportes. Apesar de que no duatlon os atletas não podem parar. Em Lages, como não havia a possibilidade de conciliar a natação com a prova, quem participou teve de correr, pedalar e correr de novo. Todos que participaram mostraram sua persistência, força e determinação. Apesar da demora para concluir e ultrapassar a linha de chegada, não desistiram. Focaram no objetivo e terminaram.

 

 

Foto: Andressa Ramos

Amor de mãe_ Todo mundo já ouviu falar em mãe coruja, e a Arlete Kuppas, não tem vergonha de demonstrar isso. Ela estampou em uma camiseta que é mãe de triatleta.
O filho, Glaucio Kuppas, de 26 anos, disputa há três anos o triathlon, e diz gostar de a mãe o acompanhar nas competições. “É até uma forma de incentivo”.

 

Bike Patrulha_ Dois policiais militares de Lages pedalaram, aproximadamente, 280 quilômetros nos dez dias de Jogos Abertos de Santa Catarina. A bike patrulha foi utilizada nos trajetos do Estádio Vidal Ramos Júnior ao Clube Caça e Tiro. Porém, no sábado, eles acompanharam os percussos de corrida dos atletas de duatlon. A Polícia Militar explica que a Bike Patrulha atua de forma preventiva nos eventos.

Em Lages, as bicicletas começaram a ser utilizadas pelos policiais em dezembro de 2014. As bicicletas são equipadas para o patrulhamento policial e a guarnição é preparada para atuar em todas as situações que o policiamento convencional é realizado.

Foto: Andressa Ramos

 

Imprevisto_ Quem percorre a Avenida Carahá, em Lages, pode observar durante o ano o médico Alessandro Schwinden, de 39 anos, correndo e se preparando para eventos esportivos. Participando pela primeira vez dos Jasc, ele tinha expectativa de estar, pelo menos, entre os dez primeiros do duatlon. “Para quem esteve entre os cem no Ironman, em Fortaleza, eu esperava estar entre os dez”.

A frustração de Alessandro foi depois de completar uma curva no Fórum Nereu Ramos e perceber que o pneu de sua bicicleta havia furado. Mesmo assim, ele continuou, no meio da Avenida Duque de Caxias, depois de uma frase de motivação dos amigos, ele gritou: “o pneu furou”.

Foto: Andressa Ramos

 

Público_ Já imaginou abrir a porta de casa e se deparar com uma disputa de duatlon? Para o morador Valdir José Domeneghini as disputas deveriam acontecer com frequência. Ele é um apaixonado por bicicleta. A esposa, Maria de Lourdes, também aprova. A família toda largou os afazeres do sábado de manhã para assistir as corridas. Até o pequenino Vitor, de um ano e um mês, filho de Caroline foi levado para a frente de casa.

Quem mora e trabalha às margens da Avenida Duque de Caxias, aproveitou a oportunidade de assistir a uma modalidade que pouco acontece na região e conhecer de perto as superações de atletas.

Fotos: Andressa Ramos

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)