Pitaya uma fruta que emagrece

 

Esta é a Pitaya, fruta pouco conhecida. Existem três variedades, que se diferenciam pela cor. O sabor da pitaya é similar nas três variedades, sendo muito doce e saboroso. E das três variedades, uma série de coisas podem ser feitas, como vinho, suco, chá (de suas flores), etc.

CL Gourmet Pitaia

Seu gosto lembra o melão. O fruto tem efeito em gastrites, o talo e as flores são usados para problemas renais.

Os principais benefícios da Pitaya são:

  • Ótima para Perder de Peso
  • Diminuir a chances de pegar gripe
  • Diminuir o Colesterol Ruim
  • Ajuda no Funcionamento do Intestino
  • Ajuda a Eliminar os Radicais Livres

Há três variedades de pitaya, que se diferenciam apenas pela cor de sua camada externa, e pelo colorido interno. A Hylocereus polyrhizus possui camada externa rosa, sendo branca em sua parte interna. Já aHylocereus megalanthus tem a camada externa rosa e apresenta a parte interna vermelha. E por fim, aSelenicereus undatus, que tem a camada externa amarela e apresenta a parte interna branca.
Todas têm como principal característica o formato peculiar e a pele escamosa, e também são conhecidas pelo nome de fruta-dragão em alguns países.

De todas as três variedades de pitaya, a única que de fato é apreciada pelas pessoas que desejam perder peso é a variedade com o interior na cor vermelha, já que essa variedade é a única que possui propriedades antioxidantes, o que ajuda na prevenção dos radicais livres, que ajudam no acumulo de gordura.

Mão a obra, consumir a pitaya, uma fruta cheia de benefícios e emagrece ;)

2 ideias sobre “Pitaya uma fruta que emagrece

    • Olá Vilson, em Lages somente no Angeloni.
      Acredito que por encomenda você consiga em qualquer um dos grandes supermercados da cidade.
      Saudações
      Chef Daniela

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>