NHOQUE DA SORTE

O Nhoque, ou Gnocchi, é um prato típico da culinária italiana. A receita tradicional é preparada à base de batatas cozidas e amassadas com um pouco de farinha de trigo, manteiga e ovos.
Tradicionalmente, usa-se comer nhoque no dia 29 de cada mês, com uma nota de dinheiro debaixo do prato.

DICA – Sobrino de Botin, Madri

Sobrino de Botin é considerado o restaurante mais antigo da Europa e talvez do mundo. Fica ao lado da Plaza Mayor e o forte são seus assados preparados em um forno centenário.

O destaque da casa é o conchinillo (leitão assado), simplesmente maravilhoso.
O conchinillo ficou tão famoso que é mencionado nas páginas do romance The Sun Also Rises, de Ernest Hemingway, um frequentador assíduo do Botin.

VINHOS

O Hotel du Marc, a mansão particular da Maison Veuve Clicquot, na região de Champagne, foi reaberta no inicio de Outubro de 2011, após quatro anos de detalhada restauração.

A esplêndida edificação do século 19 ocupa um lugar importante na história da marca, pois foi a residência da família da Madame Clicquot. — em Reims.

Vale a pena visitar e depois curtir uma degustação na Adega.

DICA – Happy Hour em Floripa

Esta semana estou em Floripa e aproveito para fazer um de meus programas favoritos, Happy hour no Emporium Bocaiúva, do lageano Serginho Arruda.

Para mim este é um dos melhores bares do estado com sua carta de vinhos excelente, chopp Brahma no ponto, cardápio incluindo petiscos bem elaborados, sanduíches, alguns pratos quentes e sobremesas.

FONDUE – Para alegrar as noites de inverno

Para completar as receitas anteriores, vamos de Fondue Bourguinonne (Fondue de Carne)

Fondue Bourguinonne (Fondue de Carne)

A fondue de carne, também conhecido como fondue Bourguignonne, é provavelmente o mais fácil de ser preparado. E com a vantagem de que cada pessoa determina o ponto de sua carne.

Ingredientes
200 a 300 g de filé mignon por pessoa, cortados em cubos grossos
Óleo de milho

FONDUE DE QUEIJO

Originário dos Alpes suíços, o fondue é uma excelente pedida para as noites de inverno.
Esta receita é do Restaurante Le Chalet de La Fondue, um dos melhores de Gramado RS, cidade de ótima Gastronomia, das mais visitadas no inverno brasileiro

Ingredientes
300g de queijo Emental Suíço
100g de queijo Gruyere Fundido
100g de queijo Cobocó
1 cálice pequeno de vinho branco seco de boa qualidade
½ cálice pequeno de kirsch
Noz-moscada ralada
Pimenta do reino moída. Moída na hora.
1 dente de alho amassado.

FONDUE DE CHOCOLATE

Ingredientes                                                                                                                        500g de Chocolate ao Leite
100g de Chocolate meio amargo
100ml de leite
½ cálice de Cognaque

Preparo
Pique ou quebre os chocolates em pequenos pedaços e reserve.
Leve ao fogo a panela de barro (cerâmica) própria para fondue (Coquelon) com o leite e deixe amornar. Acrescente o chocolate e mexa sem parar até que derreta por completo. Após, acrescente o cognaque e sirva imediatamente com frutas de época ou petifours.

DICA – Troca que vale a pena

Óleo de soja e outros por azeite

O ganho dessa troca vem da combinação entre gorduras benéficas e antioxidantes que povoam o óleo de oliva. Uma de suas vantagens é fornecer doses generosas de ácidos graxos monoinsaturados. “Eles não aumentam os níveis de LDL e ainda ajudam a erguer um pouco as taxas de HDL, o colesterol bom”, afirma o cardiologista Raul Dias dos Santos, do Instituto do Coração de São Paulo. “Além disso, os compostos fenólicos do azeite evitam a oxidação do colesterol, fenômeno que propicia a formação das placas”, completa Jorge Mancini, diretor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo.

DICA – Hamburgers em NY

Quer comer um ótimo hambúrguer em NY? Vai no Tavern on Jane!

O local serve um dos melhores hambúrgueres da cidade.
Localizado no West Village na 31 8th Avenue (esquina com a Jane Street), frequentado por moradores da área e raros turistas.

Bom apetite!

DICA – Vinho e Guerra

Olá!

Terminei de ler, este final de semana o livro VINHO E GUERRA de Don e Petie Kladustrup, editora Jorge Zahar Ltda. Onde é narrada a saga de tradicionais famílias de vinicultores franceses para defender seus vinhos e vinhedos dos alemães durante a Segunda Guerra Mundial. Recomendo